Tratamentos: Implantodontia

Abandone de vez a dentadura!

Chega de sentir-se inseguro na hora de falar e não conseguir mastigar os alimentos que mais aprecia. O problema de próteses totais instáveis é muito frequente, principalmente nas próteses inferiores. Com a ajuda dos implantes, sua prótese torna-se fixa e você é quem decide o que vai poder comer!

Como é feita?

Na Clínica Dra. Fabíola Zanin, o Especialista em implantes Dr. Vinícius de Aguiar Damiani é quem é o responsável por esse tipo de tratamento.


Primeiramente, com a radiografia panorâmica em mãos, é avaliada a quantidade de osso presente e é decidida a localização dos implantes.

Depois passamos para a confecção da prótese, de forma convencional, fazendo as provas e escolhendo a forma e cor dos dentes. Tudo isso antes da cirurgia.

Depois que o paciente aprova a seleção dos dentes, marcamos a cirurgia.

A colocação dos implantes é feita em um dia e a prótese total instalada no outro.

Isso mesmo! Em 2 dias você já faz os implantes e sai com o sorriso pronto.

O Que São Implantes?

São pequenos parafusos que substituem a raiz do dente para apoiar a substituição de dentes. É um processo que torna possível a reabilitação estética e funcional (mastigação), além de devolver a qualidade de vida social e auto-estima ao paciente. São fabricados em titânio, um metal aceito facilmente pelo corpo: pode ser utilizado em contato com os tecidos orgânicos sem causar reações adversas. Uma vez colocados, formam uma ligação forte com o osso, ficando firmemente fixados no mesmo, proporcionando, assim, uma base estável para coroas, pontes ou próteses. Esse fenômeno da integração do implante com o osso também é conhecido como osseointegração.

Para Que Servem os Implantes?

São a substituição mais similar do dente natural; • Proporcionam uma base estável para voltar a comer e a sorrir com confiança; • Eliminam a necessidade de comprometer dentes saudáveis para a colocação de uma ponte; • Podem eliminar a dor causada por próteses mal ajustadas; • Ajudam a preservar o maxilar; • Podem ajudar a manter a forma da face; • Reduzem a sobrecarga em dentes remanescentes. Pacientes com perdas parciais dos dentes conseguem, além de harmonizar a estética e função, equilibrar a distribuição de forças durante a mastigação; • Freiam a absorção óssea; • Foram cientificamente testados e documentados durante mais de 30 anos; • Os tratamentos apresentam uma taxa de sucesso superior a 95% dos casos.

Quanto Custa?

Em muitos casos, o custo do tratamento é inferior ao tratamento de uma reabilitação convencional. O custo do tratamento varia de acordo com o número de implantes necessários, o tipo de prótese a ser reabilitada e a complexidade do caso.

Quem Pode Usar Implantes?

Qualquer paciente cuja arcada falte um ou mais dentes (ou até todos), é um potencial usuário de implantes. Salvas raras exceções clínicas, todo paciente pode utilizar implantes. O que varia é a técnica que será utilizada, dependendo das condições e particularidades do paciente. A idade não é fator determinante, porém não se recomenda instalá-lo antes dos 15 anos, até que o crescimento maxilar esteja completo.

Como é o Tratamento por Implante?

O tratamento não é doloroso, considerado, na maior parte dos casos um procedimento simples e de baixo risco, se feito por profissionais competentes e experientes.

Etapas do Tratamento:

Planificação do tratamento.

Antes de iniciar o tratamento, a sua situação da saúde individual e oral é examinada cuidadosamente. Através de raio-x intra-orais, o dentista irá selecionar o plano de tratamento mais adequado para o seu caso.

Colocação do Implante.

O implante é inserido no maxilar, no próprio consultório dentário, através de anestesia local. Uma vez colocado o implante, há o período de cicatrização, no qual o maxilar forma uma ligação forte com o implante (ósseo-integração).

Colocação da Coroa

Quando o período total de cicatrização estiver completo, o implante proporciona uma base sólida para fixar a coroa definitiva.

Fonte: Clínica Dra. Fabíola Zanin